Categorias
Sem categoria

Como se preparar para a PSM I?

Vejo muitas pessoas perguntarem, como se preparar para a PSM I?

Bom, existem muitas maneiras, vou contar a minha experiência.

Ler o Scrum Guide, vejo como primeiro passo. Afinal, neste guia está descrito detalhadamente o que é o SCRUM e são apenas 20 páginas. Comece por ele, entenda este Framework e como ele funciona, tendo em vista que a maioria das perguntas são escritas da mesma forma que está escrito nele. Estude ele, pelo menos, umas três vezes antes da prova.

Resuma-o em tópicos, e lembre-se, não existe tópicos que são importantes ou não, tudo é de grande importância e entender cada processo é fundamental para ter êxito. Mas, ler somente ele não é o suficiente para agregar todos os conhecimentos necessários para a certificação. Então, você deve estar se perguntando, o que mais estudar?

Nexus Guide, é outro guia de suma importância, que explica o Scrum Escalado, outro Framework que se baseia no Scrum. 

No Nexus você compreende detalhes que são cobrados na prova e aprende a trabalhar de outra forma com o Scrum, por exemplo, ter apenas um Backlog de produto, independente de quantos times de desenvolvimento você tenha. Então, saber como esse Framework trabalha, é fundamental.

Outra forma de estudar e treinar seus conhecimentos adquiridos até aqui, são os simulados da Scrum.org, eles são ricos de informações explicativas sobre o tema de cada pergunta. Auxiliam a compreender muitos detalhes que, muitas vezes, passam batido na leitura do Scrum Guide. Recomendo faze-lo até atingir no mínimo 95% de acerto, pois eles são uma ótima base do que esperar da prova. 

E também como apoio, deixo abaixo alguns tópicos que são bastante questionados nas perguntas.

Cerimônias / eventos Scrum

  •  Planning – Ter em mente que a planning é uma reunião de planejamento para a Sprint que começa a seguir, composta por duas partes, o que fazer e como fazer, seu time-boxed é de 8 horas para Sprint de 1 mês (máximo permitido).
  •  Reunião diária – Reunião realizada todos os dias no mesmo lugar e hora para evitar complexidade pela a equipe de desenvolvimento, sua duração é de até 15 minutos. Nesta reunião é sugerido pelo Guide responder a 3 perguntas: 
  • O que eu fiz ontem para atingir a meta da Sprint?
  • O que eu farei hoje para atingir a meta da Sprint?
  • O que está me impedindo de atingir a meta da Sprint?
  • Review – Reunião para colher feedback das partes interessadas, a qual o incremento liberável é mostrado pelo time de desenvolvimento ao PO para ser aceito ou não, sua duração é de 4 horas para Sprint de 1 mês.
  •  Retrospectiva – Reunião realizada pelotime Scrum para analisar o que foi bom, o que foi ruim na Sprint e o que deve ser melhorado para a próxima. Tendo sua duração de até 3 horas para Sprint de 1 mês.
  • Refinamento – Normalmente é realizado em Sprints anteriores com o PO, Scrum Master e não pode consumir mais de 10% do tempo do Time.

Artefatos

  • Product Backlog – Lista de histórias de usuário feita pelo PO com todas as exigências dos Stakeholders. Vale ressaltar que existe apenas um Product Backlog por produto.
  • Backlog da Sprint –  Itens do Product Backlog priorizados e refinados, de responsabilidade da equipe de desenvolvimento, com as tarefas a serem realizadas na Sprint.

Papéis

  • Product Owner – Responsável por tratar os interesses dos Stakeholders, montar e priorizar o Product Backlog e garantir que o produto tenha um maior valor em sua entrega. Ele é o único que pode cancelar uma Sprint. Vale relembrar que ele não é um comitê, mas pode representar as vontades de um. 
  •  Scrum Master – Garante que o processo aconteça de forma correta dentro de seus time-boxed, retira os impedimentos do time de desenvolvimento, e apoia o PO caso seja necessário. É um líder-servidor que aplica práticas de liderança coach.
  • Time de desenvolvimento – Time auto organizável, ninguém os diz como trabalhar. Responsável pelo Backlog da Sprint e execução das tarefas. São eles que estimam os itens do backlog do produto e é composto por 3 a 9 pessoas.

Outros

  •  Definição de Concluído – Definição de quando o incremento está pronto, é determinado pelo time Scrum e gera transparência para todos.
  • Pilares – Transparência, adaptação e inspeção.
  •  Valores Scrum – Coragem, foco, abertura, comprometimento e respeito.

Caso precisem de algo, estamos à disposição.

Amanna Monteiro – Família Sunsetti

Categorias
Sem categoria

Habilidade em se Comunicar com Pessoas de Outras Áreas

Quem nunca teve dificuldade em lidar com pessoas que atire a primeira pedra!

E digo mais, você conversa de uma forma que parece que está falando “grego”… E pasme: está!!! Pois, na maioria das vezes fazemos uso do nosso idioma “tecniquês” e ninguém é obrigado a conhecer todos os termos.

Importante deixar claro que quando falo em “tecniquês” não necessariamente cito somente a área de tecnologia da informação, pois continuando na saga “perguntas”:

Quem nunca teve dificuldade de compreender termos técnicos de advogados, médicos, engenheiros, entre outros? Portanto, esse texto pode ser útil à todos os profissionais, cada um com sua dificuldade em conseguir se fazer entender…

Deixo algumas dicas para a área de tecnologia da informação, mas se você é um profissional de outra área de atuação, tente abstrair o objetivo principal desse artigo que é ajudá-lo(a) compreender e desenvolver hábitos de utilizar palavras que todas as pessoas que estão te ouvindo consiga se envolver na conversa, tornando-a agradável e produtiva.

Linguagem técnica x linguagem do usuário:

  • Lembre-se que o usuário tem formação diferente da sua;
  • Tente se colocar no lugar do usuário;
  • Imagine o usuário como um aprendiz e assim você terá que ser mais claro, visual e objetivo possível;
  • Use imagens para explicação;
  • Esqueça os termos técnicos, estes você pode utilizar com os colegas de seu departamento;

Abraços e até a próxima.

Adriane Colossetti – Família Sunsetti

Categorias
Sem categoria

6 Dicas Para Melhorar a Comunicação

6 DICAS PARA MELHORAR A COMUNICAÇÃO

Observando algumas apresentações de trabalhos, ressalto ainda mais minha convicção de que a forma de se expressar, falar, gesticular, faz toda diferença.

A arte de se comunicar é sem dúvida muito importante para o desenvolvimento pessoal e profissional. A pessoa que consegue manifestar suas ideias de forma clara e objetiva, tem a grande chance de sucesso. Portanto, segue algumas dicas para melhorar a dicção e aos poucos ganhar a desinibição da fala em público:

– Crie o hábito de ler livros e artigos fidedignos;

– Leia alguns trechos em voz alta;

– Leia poesias em voz alta;

– Preste atenção em sua pronúncia, clareza e tom de voz emitida;

– Preste atenção em cada palavra lida, pois nosso cérebro tem uma grande tendência de nos enganar, pois lemos tão rápido que nem sempre o que estamos percebendo é o que realmente está escrito.

– Perceba as palavras e escute as pronuncias de cada uma delas e assim conquiste gradativamente a fluência de uma fala correta, eficiente e eficaz.

Aos poucos e com exercícios simples de praticar, você ganhará segurança em seu vocabulário, bem como soltar um pouco mais a língua para que sua fala seja escutada e percebida de forma clara, limpa e objetiva.

Abraços e até a próxima.

Adriane Colossetti – Família Sunsetti